Arrependida

Zico e Zeca

Compositor: Sebastião Victor / Tuta

Ai quem me dera voltar ao meu passado
Para matar a dor cruel do sofrimento
Para ter novamente ao meu lado
Aquela que é dona do meu pensamento

Mas é inútil alimentar a esperança
Já é tarde para o arrependimento
Ela já tem outro nome em sua aliança
E o remédio é viver neste tormento

E contemplando a sua fotografia
Quantas noites que eu passo sem sono
Do retrato teu sorriso é alegria
Pois não sabes que eu vivo no abandono

Eu mereço padecer por este amor
Eu zombei de um coração puro e sincero
Vou-me embora padecendo a grande dor
Porque a ela a ruína eu não quero

Vou-me desta terra pra bem longe
Para não ver aquela que eu tanto adoro
Vou viver em outros cantos, não sei onde
Porque distante sua vida eu ignoro

Eu não posso mais ficar um só momento
Esta mágoa, este amor me mata aos pouco
Vou-me embora, vou viver no esquecimento
Só para não ver ela passar junto de outro

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital