Mãe do Pracinha

Zico e Zeca

Compositor: Não Disponível

O vapor está apitando, e chegou a hora de partir
Minha mãe não fique triste por ver seu filho seguir
Vou lutar em terra estranha manejando meu fuzil
É o dever de um brasileiro defender o seu Brasil

Adeus rios e matas verdes, não sei quando mais virei
Nesses olhos rasos d'água sua imagem eu guardarei
Por esta linda bandeira, como um bravo eu lutarei
Se eu morrer combatendo, com ela eu me cobrirei

Dentro da minha mochila, uma coisa eu vou levar
Um punhadinho de terra, pro mundo inteiro eu mostrar
Com ela eu serei enterrado, se na luta eu tombar,
Porque ela é brasileira, que Deus soube abençoar

Teu retrato, oh minha mãe, levo numa medalhinha
Se acaso eu não voltar, é porque era sorte minha.
Se um dia alguém perguntar quantos filhos você tinha,
Você diga com orgulho, eu tive um que foi "Pracinha".

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital